sábado, junho 20, 2009

I can't hear you...


video


Não, este anúncio não está aqui somente por estar ou para fazer promoção à Pepsi... Até porque eu gosto mais de Coca-Cola. É que, para variar, este anúncio até transmite uma mensagem muito importante...

Todos nós temos sonhos, seja ser cantora, escritora, bombeira, viajar pelo mundo, escalar o Evereste, conhecer o CR7 (há pesadelos... Ooops, perdão, sonhos, que não se discutem...), conhecer um E.T., ir para Itália viver, trabalhar ou, simplesmente, dizer "olá" ao Papa (este é o meu sonho, mas dispenso a parte do Papa...) ou desvendar o mistério por detrás do Triângulo das Bermudas...

Alguns parecem, à primeira vista, totalmente impossíveis, mas... e se não o forem? Se não tentarmos persegui-los, se não lutarmos por eles, se não nos esforçamos ao máximo nunca saberemos.

Mas, claro que existem pessoas (uns ranhosos com muita dor de cotovelo) que dizem sempre "É pá desiste!", "Nunca vais conseguir!", "Pára de sonhar com o impossível.", "Isso é demasiada areia para a tua camioneta.", "Não tens capacidade para tanto...". Quantos de nós já não ouvimos isto? Quem já ouviu ponha a mão no ar!!!

A alguns de nós aquelas palavras dão força e pensamos "Eu vou conseguir. Nem que me parta todinho, fique todo negro, fique na bancarrota e não possa pagar nem um alfinete... Mas vou mostrar-te que sou capaz e vais ficar todo f***** com isso!", mas a outros é um grande banho de água fria...

Pois bem, para esses, e para os outros também, toca a seguir o exemplo do rapazinho do vídeo... De cada vez que alguém vos disser para pararem de sonhar e que não são capazes de fazer algo, toca a dizer "I can't hear you", continuando sempre o caminho até ao triunfo... E um dia nós estaremos lá em cima, no topo, a dizer "Eu consegui... Tomaaaa!!!" (e ao mesmo tempo fazemos um manguito) :-p

1 comentário:

Gabi disse...

Se não percorremos os nossos sonhos então o que andamos a fazer nesta vidinha insignificante(para mim, claro)??...Podemos até nem alcançá-los e nos desiludirmos, mas no fim de contas o que nos faz sentir bem (apesar de não totalmente se não alcançarmos o objectivo) é o caminho percorrido. É aqui que eu penso, "pelo menos tentei...prefiro arrepender-me por ter tentado do que por não o ter feito..." (hummm,embora nalguns casos prefira não arriscar :p )