segunda-feira, julho 13, 2009

É preciso tê-los no sítio… Ou ser doido e parvo!!! (Eu inclino-me mais para a segunda opção)



["Uh... espetada!!!" - Pensamento do touro em relação ao homem que está a frente! Nem quero saber em que estado ficou o tipo que tirou esta foto!!! ]


Se há coisa que não entendo são as corridas de touros em Pamplona… Quer dizer, as corridas até entendo. São uma tradição que já vem de 1922, imortalizada por um dos romances de Ernest Hemingway e tal… O que não entendo é o que passa pela cabeça daqueles homens que vão para a pista correr com os touros. A sério não entendo! É que são touros caramba… Touros enraivecidos, pesados e com uns grandes cornos!!!

É algum complexo que os homens têm? Querem provar alguma coisa a alguém? Tipo “eu sou macho, eu tenho uns grandes cojones, maiores que os de um boi e sou capaz de enfrentar um touro…”. Ou é um súbito desejo de morrer com um corno (ou cornos) enfiado em qualquer lado? É que para mim, aquilo não é uma questão de coragem, mas de estupidez bruta… Pode-se morrer caramba! E morrer a sério, não é como nos filmes de Hollywood onde, ora está-se morto, ora está-se vivo.

É que aqueles touros não são como o Manuel Pinho que não faz mal a ninguém, aqueles magoam…

Gente doida e parva pá!!! Não têm amor à vida ou quê?

2 comentários:

Rosie Dunne disse...

concordo! doidos, parvos e burros! deve-lhes faltar algum parafuso

sakura disse...

Oi! Obrigada pela visita ao meu cantinho :D eu gostei do teu blog :)
E concordo contigo! Não sei mesmo o que se passa pela cabeça daquela gente em Pamplona para se porem a correr à frente dos touros... Será provavelmente um misto do que disseste e da adrenalina que sentem... Mas não deixam de ser doidos!!
Bjinho*