domingo, julho 05, 2009

O gajo irrita-me… Não tenho culpa!




É que não tenho mesmo… Mas o Cristiano Ronaldo, vulgo “melhor jogador do mundo” irrita-me profundamente. As atitudes e as pérolas que diz tiram-me do sério, dão-me nos nervos, fazem sair fumo dos meus ouvidos, enervam-me, põem-me a mil…

A TV não pára de falar dele! É o Cristiano aqui, é o Cristiano ali, é o Cristiano acolá… Porra, que chatice! Já não posso com este nome, nem com este gajo. Só tivemos uma pequena interrupção da novela Ronaldina devido à morte do Michael Jackson, mas agora voltámos ao mesmo. Imagino as pragas que o Cristiano não deve ter lançado ao Michael Jackson por este ter morrido exactamente agora e lhe ter roubado o protagonismo alcançado pela transferência para o Real Madrid e a saída com a Paris Hilton. (Sei que estou a ser mazinha, mas é que não suporto mesmo que estejam a falar deste gajo a cada cinco minutos, 24 horas por dia, 7 dias por semana. E quando não falam, estão todos a pensar em falar, ou desesperadinhos para que aconteça algo para retomarem a saga.)

Estou muito bem a ver o telejornal para saber o que se passa no mundo, pois gosto de estar informada, quando, pimba, lá vem a novela Ronaldina (ao estilo da TVi, daquelas que duram e duram e duram, que mais parece que têm pilhas Duracel), interrompendo notícias realmente importantes. E o pior é quando a notícia sobre o CR7 não diz nada que me interesse. Ainda agora apareceu o Nuno Luz, na SIC, em directo do estádio Santiago de Barnabéu (é verdade deu-se ao trabalho de enviar para lá jornalistas. Desperdício de dinheiro…), a dizer “…e esta é a porta por onde vai entrar Cristiano Ronaldo amanhã as 8h da noite para se vestir de branco.” Mas para que raio me interessa isso?? Por mim até podia entrar por uma janela, pelo buraco da fechadura, entrar de pára-quedas e ficar preso num andaime ou emergir de debaixo do relvado. Já estou fartinha de saber que ele vai para o Real Madrid e que foi comprado pela módica quantia de 93 milhões de euros.

Ai tanto dinheirinho… Fazia-me tanta falta, mas o Cristianinho diz que é um preço muito justo e que se os clubes querem contratar os melhores jogadores tem que estar dispostos a gastar muito dinheiro. É de mim, ou o gajo é muito, muito, muito convencido e pretencioso?? E estar calado e não dizer disparates, não? Também era uma boa, digo eu.

O meu namorado disse-me hoje que iam dar-lhe a camisola com o número 9, mas que não tinha nada a ver com ele. E eu perguntei que raio tinha o número a ver com o jogador, pois se tivesse eu dava-lhe era a camisola com um grande zero estampado nas costas. Eu não percebo muito de futebol, mas de todos os jogos que vi da Selecção o gajo não jogava a “ponta de um chavelho”. (Agora, em vez de CR7, vai tornar-se no CR9. Mais uma nova marca disponível e mais uma cadeia de lojas de roupa para a irmã.)

E ainda vão fazer um directo da recepção ao Cristiano Ronaldo amanhã no estádio… É eles no directo e eu a mudar de canal ou a desligar a televisão. É que já não há pachorra para isto! Chiça penico…

1 comentário:

Swadharma disse...

Hoje especialmente... em 3 canais! Que exagero!
Mas o gajo é algum oncologista e descobriu a cura para o cancro?