sexta-feira, agosto 07, 2009

“Pai, mãe, vou casar… com uma roda gigante!”



Mas, o que será que um pai e uma mãe fazem quando ouvem uma coisa destas, hã? Eu internava a minha filha numa instituição qualquer.

Quando eu penso que já ouvi um pouco de tudo vejo uma notícia
destas.

Ao menos poupa em discussões e, logo, em burocracia para o divórcio. Se houver algum problema com o “marido” é só chamar o mecânico e se emperrar é só olear um bocadinho. Só não consigo é perceber a parte de “se sentir sexualmente atraída” por uma roda gigante. Por mais que pense, tal explicação ultrapassa-me completamente.

10 comentários:

Nadyta disse...

LOL realmente isto há gente para tudo :P

Olha...cada maluco coma sua mania e pronto se a senhora é feliz assim... :P

Beijoca

Aninhas disse...

Nadyta...

Eu sei que todas as pessoas têm a sua pancada... Também eu tenho a minha. Mas, casar com uma roda gigante? Sentir-se sexualmente atraída por um objecto inanimado? É pá... não percebo...

Bjx

Nadyta disse...

LOL... muito menos eu :P Sexualmente atraida... pois sim nem vão ter é privacidade este futuro casal...ahahaha :D

Aninhas disse...

Realmente... Privacidade não vão ter nenhuma... :-p E acho que ciúmes vão existir muitos da parte dela quando muitas mulheres quiserem andar na roda :-P

Bjx

Sílvia Maria disse...

Fui ver a notícia pois é inacreditável...

Daniela disse...

OMG!

Fantástico! Como é que alguém se apaixona por uma roda gigante???

hehe

**

Saga disse...

Pronto, eu confesso: estou apaixonado por uma cuvete de gelo. Não sei como tal foi acontecer, mas sinto que é a parceira ideal para as noites de maior calor... :p

Aninhas disse...

Silvia Maria...

Eu fiquei aparvalhada :-p

Bjx

****

Daniela...

Não faço a minima ideia :-p Mas até gostava de perceber...

Bjx

****

Saga...

Para as noites de calor dá um jeito :-p

Bjx

Nês disse...

Já existem de todos os tipos de pancas! Mas eu não era :S

Aninhas disse...

Nês...

E esta é uma panca das fortes...

Bjx