quarta-feira, setembro 16, 2009

Não sei por quanto tempo mais terei forças para aguentar!



Ontem a entrevista não correu bem, como puderam ver no post abaixo. Saí de lá bastante incomodada, enraivecida e desiludida. Apetecia-me mandar tudo à merd*.

De
testei as perguntas que me fizerem, detestei aperceber-me de que o lugar já estaria reservado, detestei sentir que se eu ficasse ali tinha que ter as costas largas, pois se acontecesse alguma coisa errada deitariam as culpas para cima de mim. Detestei tudo!

Continuo a detestar, continuo a sentir raiva pelo que aconteceu ontem. Mas, a par disso há outro sentimento que emerge dentro de mim: a tristeza. A tristeza que faz os meus olhos ficarem rasos de lágrimas, pela incerteza de não saber quando poderei ter a minha independência. A incerteza de quando terei um canto só meu. A incerteza de quando começarei uma vida com o P..

Sei que não devo perder a esperança, sei que não a devo deixar fugir ou evaporar como água em ebulição, mas estou a perder as forças. O nó da esperança e da fé está ficar mais fraco e não sei se tenho forças para o continuar a apertar.

Sim, sei que não sou a única nesta situação. Mas não me falem das outras pessoas. A única coisa que sei é o que estou a sentir agora, neste preciso momento e, a palavra de ordem, é desilusão. Desiludida com este país que não apoia ninguém, com as empresas que não sabem tratar os colaboradores com decência, com os empregadores que pensam que os estagiários são pau-para-toda-a-obra e cuja única função é levar com as culpas que outros cometem... Estou farta!!!

Sei que amanhã, provavelmente esta tristeza desvanecerá um pouco... Sei que as lágrimas deixarão de cair... Sei que, se calhar, irei estar um pouco mais optimista... Mas hoje... hoje não consigo. Simplesmente não consigo...

17 comentários:

Sílvia Maria disse...

Um dia tudo irá ficar do jeito como queres...

S* disse...

Obviamente as cunhas valem mais que a competência. Não percas a esperança...

Lia disse...

tens que ter esperança, pensar positivo!!! Mta força, sim?

Jocas gordas

A Gata Christie disse...

Há momentos em que nos sentimos no fundo do poço. Mas não podemos nunca perder a esperança, a vontade de lutar!

Espero que as coisas melhorem bem depressa e que consigas alcançar tudo aquilo que desejas.

Beijinhos e obrigada pelas palavras que me deixaste.

Black Horse disse...

A Esperança é sempre a última a morrer.
Por vezes, pensamos que o mundo inteiro está contra nós, senti-mo-nos desiludidos com tudo e com todos, mas há que mudar a pagina e voltar a ter força para escrever de novo.

Um beijo enorme cheio de força.

*

Aninhas disse...

Sílvia Maria...

Será? Mas espero que sim... Torço para que sim...

Bjx

****

S*...

Estou a tentar, estou a tentar...

Bjx

****

Lia...

Obrigado pela força...

Bjx

****

Gata Christie...

Hoje é um daqueles dias em que me vou abaixo... Eu sei que passa e que irei ficar melhor, mas hoje estou assim... Cansada!

Não tens nada que agradecer... Estamos aqui para nos apoiar uns aos outros quando necessário...

Bjx

****

Black Horse...

Eu sei que ainda tenho muitas páginas para escrever... Mas hoje é aquele dia em que não o consigo fazer. O braço está sem forças e a mente também... Acontece a todos não é?

Mas o livro da minha vida voltará a ser escrito...

Bjx

Nadyta disse...

Infelizmente é o pais que temos mas va minha querida não percas a esperança, não te rendas e pensa que um dia irás ter a vida que sempre quiseste ao lado do teu P :) É a esperança que nos faz lutar...

Beijinhos grandes e força :)

Raio-de-Luar disse...

Sei bem como te sentes. também tive muitos dias assim, tal e qual como tu, a pensar no que iria ser o meu futuro, sentir-me inútil e mesmo burra porque as entrevistas nucna davam em nada, ansiar pela independência, pela vida a dois que se deseja muito começar... há dias assim, em que se está no fundo do poço e não há uma réstia de esperança. Mas não dura para sempre... e vai chegar aquele dia em que terás a tua oportunidade profissional e em que poderás começar a construir a tua vida. Acredita! E nunca desistas de tentar.
Beijinhos e força

Olhos Dourados disse...

Como te compreendo!

Dexter disse...

Como eu te compreendo...

Vida de advogado estagiário tb n é fácil. Em primeiro lugar, se quiseres ir p uma sociedade onde se ganhe bem como estagiário, tens que ter cunha. Obrigatório, como nas CM.

Eu n ganho assim grande coisa, mas tb n ganho assim mto mal...p quem vive em casa dos pais até n está mau. Mas se tivesse que viver sozinho e pagar casa andava a passar fome. A vida está difícil, e cada vez mais é difícil iniciar uma vida...mas há que ter esperança e continuar a lutar!!!

Rosie Dunne disse...

pensa positivo que um dia a luz ao fundo do tunel vai chegar :) vais ver que sim

Daniela disse...

Acredito que esteja a ser muito difícil para ti, afinal andas há dois anos (estou certa?) a tentar procurar algo.
Não podes perder a esperança! Tens aqui imensa gente a apoiar-te e a transmitir-te forças, não desistas!
Força! E um beijinho grande **

Daniela disse...

Tens um xi coração no meu blog!! **

Maria disse...

Estando de fora é muito mais fácil falar. Mas nós, muitas das vezes vamos buscar forças, nem sabendo bem onde..

um beijinho

CristianaC disse...

Tenho um presentinho para ti no meu blogue :)

Aninhas disse...

Nadyta...

Desistir de lutar está fora de questão :-)

Bjx

****

Raio-de-Luar...

Obrigado pelas palavras :-) Descreveste o que sentia na perfeição...

Mas tens razão, aquele sentimento de derrota e impotência não dura para sempre... Passa e continuamos a lutar...

Bjx

****

Olhos Dourados...

Já todas as pessoas se sentiram assim né?

Bjx

****

Rosie Dunne...

Espero que sim :-)

Bjx

****

Daniela...

Sim, já há 2 anos! Obrigada pelo apoio... E é verdade... recebi nuitos comentários de incentivo :-) Aqui há pessoas fantásticas não há?

Bjx

****

Maria...

É verdade... Eu não sei de onde vem a minha às vezes...

Bjx

****

CristianaC...

Obrigada :-)

Bjx

Aninhas disse...

Dexter...

É verdade... Sei que vida de advogado estagiário não é fácil... Muitos nem sequer ganham durante o estágio.

É triste é ver que Portugal não ajuda os jovens. Cada vez está mais díficil começar uma vida independente. É desgastante tentar, tentar e não ver resultados...

Mas não se pode desistir, nem baixar os braços. Mas há dias e que inverter a balança é difícil...

Bjx