quinta-feira, abril 08, 2010

Tenho que começar a comer espinafres.


Decididamente tenho que fazer como o Popeye, ou seja, comer espinafres para ganhar uma força sobre-humana. E isto porquê? Por causa da minha cadela. Acabei de chegar com ela do veterinário. Fomos cortar as unhas das patitas de trás (aquelas que não tocam no chão, as chamadas unhas de apoio), pois elas crescem a uma ritmo alucinante e, uma vez, já lhe furaram a "bolinha" da patinha.

Sabem quantas pessoas foram precisas para a segurar? Quatro!!! Quatro pessoas para segurar uma cadelita com meio metro de altura e 9Kg. Não sei onde raio aquele piolho vai buscar tanta força. Não sei não. Chiça penico!!! Até estou cansada.

Agora um pequeno à parte. Encontrei um senhor que é idiota, parvo, estúpido, inconsciente, abécula... Uma autêntica avantesma (adoro esta palavra). A dita criatura estava na esplanada de um café a ler o seu jornal. A acompanhá-lo estava o seu cão (ou cadela, não consegui ver-lhe a "certidão de nascimento"), preso por uma trela. Quando viu a minha (cadela) começou a ladrar que nem um doido e a saltar e tal. A minha Nita, que é uma lady (muito de vez em quando) não lhe ligou nenhuma e lá continou na sua tarefa de cheirar o chão. Mas, não é que a avantesma do homem, em vez de acalmar o cão, soltou-o. Mas será que sou só eu que não acho isto normal? E se o cão não gostasse da Nita e a atacasse, a mordesse e a ferisse? E se mordesse a mim ou à minha mãe ao tentarmos separá-los? Hã? Como era?

Eu conheço a minha cadela e sei que ela, a mim e à minha família não morde. E sei que nem liga muito a outros cães, nem a gatos. Mas, também sei, que, se se meterem com ela, ela ladra. Sei que se vir alguma pessoa que não gosta (que as há) ela ladra. Mas eu, como pessoa responsável que sou, nunca a deixo andar solta na rua, nem aproximar-se de ninguém que não conheça, pois não sei qual vai ser o resultado. Os animais são imprevíseis, há que reconhecê-lo. Podem ser os mais dóceis para nós (donos) e conhecidos, mas para os outros a história pode mudar. É tal e qual como connosco. Com as pessoas que conheço e que gosto sou um doce, agora com aquelas que não conheço nem gosto... A história muda!

10 comentários:

- Sílvia • disse...

Bastante forte mesmo ;D
Há com cada otário --'

Aninhas disse...

Silvia...

Mete força nisso :P Olha que me apetecia ir perguntar ao homemzinho se batia bem da cabeça.

Bjx

Olhos Dourados disse...

Completamente! O homem não tem consciencia.

Nês disse...

Esse homem foi mesmo parvo -.- enfim. Eu gosto mais de gatos, não é preciso muita força para os domar :D

Lia disse...

olha que parvoice... a minha lucky anda de trela pq é tola de todo, mete-se com toda a gente e, embora eu saiba que só quer mimo, as outras pessoas não têm que "apanhar" com ela, né?

Luz disse...

Realmente o homem foi parvo!
E também adorei o "avantesma", tenho de começar a usar pois é uma palavra bem engraçada!

lol

bjinho

Anne disse...

concordo completamente há pessoas que são autênticas bestas. queria ver se uma indemnização lhe caía bem se o tal cão tivesse atacado a tua fofa... :/

enfim.

Aninhas disse...

Olhos Dourados...

E depois lá ficou, sentado na esplanada a olhar e a rir-se... Olha que só me apeteceu tirar-lhe aquele sorriso da cara à chapada.

Bjx

****

Nês...

Força não, mas mestria é... É que aquelas garras podem desferir cada golpe. :)

Bjx

****

Lia...

Pois, a minha também é uma doida. Além de andar de trela porque é mais seguro, anda porque também se anda solta para a agarrar depois é um martírio :P

Bjx

****

Luz...

O portugês tem uns vocábulos tão giros para insultar :P

Bjx

****

Anne...

Pois. Aí é que eu gostava de ver. Quando o senhor tivesse que pagar uma multa por ter o cão sem trela (que se não me engano é obrigatório) e ter que pagar as contas do veterinário e do médico. Mas pronto, como não aconteceu nada de grave...

No entanto, que me apeteceu ir perguntar ao senhor se jogava com o baralho todo, apeteceu.

Se há coisa que me enerva é as pessoas deixarem assim os cães andarem na rua. Quantas vezes já não afastei cães que vinham a ladrar para a Nita, quando ando a passear com ela (cães que sei que têm dono)... É que às vezes até tenho receio de sair com ela sozinha.

E ainda por cima esses cães que andam soltos correm o risco de serem atropelados sem querer.

É de uma inconsciência...

Bjx

Saga disse...

Mesmo que os cães sejam bons para as pessoas, entre si a conversa é outra...

**

Aninhas disse...

Saga...

Lá está.

Bjx