quarta-feira, julho 07, 2010

Don't like...



Não sei se será só a mim, mas a capa da Playboy do mês de Julho não me convence. De facto até acho um pouco de mau gosto. Não é sensual, não é sexy, nem é bonita. Muito antes pelo contrário.

Isto soa, pura e simplesmente, a manobra publicitária. Uma maneira pobre para tentar conseguir algum protagonismo e andar nas bocas do povo português às custas da morte de Saramago. Sim, porque quando alguém, seja lá quem for, se "mete" com a Igreja tem com certeza tempo de antena alargado.


14 comentários:

camaleoa disse...

Muito mau gosto...
Na minha opinião, é claro!!

Artemisa disse...

Camaleoa...

Na tua e na minha.

Bjx

Nês disse...

Isto é a capa da Playboy?? Bem estou um bocado chocada, imagino a controvérsia que isto ainda irá trazer :S

Artemisa disse...

Nês...

Acho que é mesmo isso que a Playboy quer.

Bjx

Saga disse...

Objectivo: polémica. Dava um bom título, não achas? :p

**

Artemisa disse...

Saga...

Até dava. :)

Bjx

Artemisa disse...

Saga...

Até dava. :)

Bjx

Green Eyes disse...

Mas desde quando é que a Playboy portuguesa tem bom gosto??!!!

E nem falo de polémicas é mesmo do tipo de fotos...

beijinhos

Saint and Sinner disse...

Eu nem sei o que dizer acerca disto. Não sou muito ligada à igreja, mas acho que a Playboy com Jesus Cristo (julgo eu) na capa é algo de muitissimo mau gosto.

Antonio Branco disse...

a Playboy já faz pouco sentido num mundo cheio de fotos de mulheres bonitas. e num mundo onde a nudez é preconceito menor. têm de inventar. não têm é imaginação...

Artemisa disse...

Green Eyes...

Pois, não têm sido muito felizes não.

Bjx

****

Saint and Sinner...

É Jesus Cristo sim.

Bjx

****

Antonio Branco...

Nenhuma mesmo.

Bjx

a Gaja disse...

Acho que essa revista só teve uma tiragem grande quando teve as fotos daquela professora.

Nadyta disse...

Têm que dar que falar de alguma maneira... mas não é preciso tão mau gosto!

Artemisa disse...

a Gaja...

É bem capaz...

Bjx

****

Nadyta...

Pois não. Disseram que era uma homenagem a Saramago mas não me convencem...

Bjx