quarta-feira, janeiro 12, 2011

Da decepção e da revolta...


Não passei. Semanas, dias, horas de estudo para nada. Não passei. Começo a chegar à conclusão que os concursos públicos são uma grande treta. Feitos somente para inglês ver, pois, à partida, já se tem consciência de quem vai ocupar o lugar. As instituições pretendem passar um sensação de transparência, de honestidade, de rectidão, mas é tudo falso. Não pode ser coincidência a rapariga que tirou a nota mais alta trabalhar na Reitoria daquele instituição. Coincidências existem? Maybe, mas esta é demasiado flagrante. Até porque as provas de conhecimento são feitas e fotocopiadas lá. Não vêm de nenhuma outra organização lacradas, só sendo abertas no acto.

Mas é por isso que vou baixar os braços? Não, não vai. Estou zangada, chateada, revoltada? Estou, pois sei que merecia mais. Sei que merecia uma nota melhor. Sei que merecia passar para a próxima fase. Coisas destas só me fazem ter mais ganas de seguir em frente, de mostrar que eu consigo fazer mais e melhor, que tenho capacidades que ninguém imagina. Sou inteligente, sou esperta, sou organizada e aprendo depressa. Hei-de ter uma chance, hei-de conquistar o meu lugar.

11 comentários:

Doce disse...

Fico feliz de ver que da derrota construiste um degrau para continuares a tua subida. Esse teu espírito vai-te levar ao sucesso.

António Branco disse...

deves conhecer. mas está nas altura de releres:

"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes
Mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo,
e posso evitar que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios,
incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas
e se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar
um oásis no recôndito da alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um "não".
É ter segurança para receber uma crítica,
mesmo que injusta.
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."
Fernando Pessoa

Artemisa disse...

Doce...

Tem que ser assim. O que não nos mata torna-nos mais forte. Estou triste? Estou. Mas ficar assim não me adiante de muito pois nao?

Bjs

Artemisa disse...

António Branco...

Não conhecia todo. Obrigado, estava a precisar de ler algo assim. :)

Bjs

camaleoa disse...

Uiii...
Como te entendo...
Trabalhei 5 anos num Instituto de Ensino Publico... sei bem como são os concursos publicos... (esquece lá isso)... esses concursos são para quem já lá está e quer subir de escalão...

É injusto sim.. mas, vivemos num Mundo de injustiças..
Não desistas..
Bjinhos

Julie disse...

São obrigados por lei a abrir concurso público.
De qualquer maneira, acho que deves continuar sempre a tentar. Nunca sabemos o que vai na cabeça da pessoa a quem está supostamente destinada a vaga...
No sitio onde estou, quando me propus para fazer estágio disseram-me que tinham uma pessoa para vir para cá mas que entretanto desistiu e como desistiu iam propor o meu estágio superiormente.
Eu tive sorte, ela desistiu. O meu estágio foi aprovado. Gostaram de mim. Abriu concurso e eu consegui o lugar.

Shell disse...

Com esta força toda, da próxima de certeza que vai correr melhor :) * beijinho

Nadyta disse...

É preciso é força para lutar neste país mas muita sorte é o que te posso desejar :)

a Gaja disse...

Infelizmente as coisas são assim mas desistir nunca, um dia vais ver os teus esforços recompensados. Estou a passar o mesmo que tu por isso até compreendo. beijos e boa sorte :)

Artemisa disse...

Cameleo...

Injustiças é favor. Já não é a primeira vez que fico com a sensação que sou preterida por alguém que teve uma espécie de "cunha". Não é nada agradável.

Bjs

****

Julie...

Tiveste sorte. :)

Bjs

****

Shell...

Maybe. :)

Bjs

****

Nadyta...

Obrigado! :)

Bjs

****

A Gaja...

Isto neste país não está nada fácil... Boa sorte para ti também. :)

Bjs

Narizinho Lunático disse...

Sim, os concursos públicos são uma grande treta... Eu ando há 4 (!!!) anos a concorrer e até agora, nada! e sei que é injusto. Sei que tenho competências, conhecimentos, capacidade para isso e muito mais! Se não tivesse, não estaria a desempenhar as funções que desempenho... Mas não desisto, nunca desisto. E tu também não deves desistir. Não baixes os braços nem te dês como derrotada. O teu dia, tal como o meu, um dia vai chegar! :) Bjs